top of page

Empresas precisam conectar seus times comerciais e de marketing para terem sucesso em vendas

Um dos maiores especialistas em vendas fala sobre a confluência das áreas é chave para sucesso nas vendas e a manutenção dos clientes, hoje em dia.


Como parte de um projeto especial, mostrando a realidade de mercado nas áreas de Tecnologia, Inovação, Serviços e Marketing, a TRIWI Consultora especialista em Marketing Digital traz um novo formato de conteúdo em suas plataformas digitais. No episódio “Relacionamento, Marketing e Vendas”, o host Ricardo Martins, recebeu mais um convidado especial: Gustavo Pagotto, que é fundador da PipeLovers, ex-LinkedIn e possui grandes atuações como Mentor da G4 Sales.

Entre os temas abordados, Gustavo também mostrou a importância de, mais que conquistar leads, manter aqueles que já compram na sua organização:

"Muitas pessoas fazem seu planejamento de vendas, sem pensar nos clientes que serão perdidos; até porque é normal perder, e por ‘N’ motivos! Calcular tudo isso é muito importante.”


Em projeção apontada por ele: A média de perda de clientes está em torno de 5% ao mês, em empresas de software para varejo, setor no qual o especialista acompanha de perto.


Gustavo ainda completa: “Vejo ainda que muita gente gasta caminhões de dinheiro para trazer clientes, sem pensar nos que de fato sobraram ao fim de todo esse processo. A empresa acaba entrando naquela famosa ‘rodinha de hamster’ e não indo a lugar algum.”


Outro ponto que Gustavo analisa é um fator importante que muitas empresas acabam desconsiderando é entender que segmentos de vendas e marketing precisam caminhar juntos e que essa conexão é validade em números muito mais consolidados de satisfação de clientes em termos de conexão com a comunicação do time de vendas, das redes sociais, do material de e-mail e outros canais que impactam diretamente consumidores e possíveis clientes.


"Em vendas a gente tem um projeto todo mês, que é bater a meta, então foca no que é preciso para vender, a gente começa com as ferramentas que a gente tem disponível e depois parte da estruturação e adoção de estratégias direcionadas para aumentar o fluxo", analisa.


Pagotto ainda conta que toda empresa no início precisa focar em venda rápida: "No começo é pensar em um ciclo curto, dinheiro entrando, o caixa aumentando… mas para conseguir um cliente grande, precisa de investimento, fomentar o cliente, criar um relacionamento e a confiança dele, isso pode levar de seis meses a um ano, essas vendas 'enterprise' são ótimas, mas não dá para fazer isso no dia seguinte que se abre uma empresa, se o fizer você quebra". Conclui.

댓글


bottom of page