Exatamente um ano atrás escrevi este POST saudando a entrada da uma nova década.


Com o término de 2020, a pergunta agora é igual e diferente. Depois deste grande desafio que foi 2020, qual o MINDSET que você irá começar 2021?

Enfrentar com coragem esta nova realidade é nossa única responsabilidade. Temos que ter consciência que se não fizermos NADA, o nosso cérebro com certeza fará o que ele mais sabe fazer: usar o conhecimento do passado para enfrentar o futuro que é volátil, incerto, complexo e ambíguo. Será que vai funcionar? Claro que não!

Então o melhor é começarmos a planejar o futuro, montando o quebra-cabeça dos sinais que já estão no horizonte para nos ajudar a criar uma VISÃO do que teremos pela frente! Lembrando que a antecipação, permite planejamento, desenvolvimento e execução. Então, MÃOS À OBRA!

Geralmente cometemos erros quando tomamos decisões estratégicas sobre o futuro: ou subestimamos ou superestimamos a mudança. A razão? Os nossos vieses cognitivos. A incerteza e a ambiguidade são desconfortáveis, por isso, tomamos decisões rápidas, ao invés de avaliar estrategicamente o impacto de cada nova variável que possa surgir no horizonte. Não podemos resolver incertezas futuras, mas podemos nos preparar para pensar criticamente sobre sinais e impacto – e avaliar os cenários de possibilidade que podem impactar o futuro.

Resumo da Ópera: estamos entrando em uma década cuja única constante é a mudança, e a velocidade da mudança está se acelerando.… se o seu mindset for de crescimento, você deve estar vibrando com as infinitas possibilidades que terá pela frente…. porém, para que você consiga PERCEBER as mudanças e criar a SUA VISÃO de futuro é preciso que seu cérebro/corpo estejam atentos e focados.


4 Dicas para trabalhar o seu MINDSET em 2021:


1 – Crie um novo MINDSET. Faça de 2021 o ano em que você irá romper com o status quo e a zona de conforto. Se arrisque mais, aprenda mais, colabore mais, interaja mais, se inspire mais, se abra mais, erre mais. Seja modelo para seus colaborados inspirando-os, delegando, motivando, engajando e criando mais confiança e conexões entre você e o seu time. Começa se perguntando o que você gostaria de fazer diferente no seu trabalho que fale por você ou para você? E até mesmo, se pergunte: E se eu não fizer nada… quais seriam as consequências?

2 – Se comprometa com VOCÊ. Seu corpo e sua mente são um único sistema interligado. Para ter sucesso profissional você precisa ter saúde mental e física. Estar estressado inibe sua capacidade física de INOVAR. Você se torna prisioneiro do passado. Sendo controlado pelo seu sistema automático que está sempre simulando que tem um tigre correndo para te devorar. Neste modus operandi seu cérebro não pensa. Usa as memórias do passado para te dar sobrevivência. Além de ter dificuldade para inovar você tem baixa cognição. E, baixo nível de percepção. 5 dicas para você implementar na sua rotina: 1) Sono de 7 a 8 horas por dia, durma antes da meia-noite. O sono profundo é que restabelece a nossa fisiologia. 2) Se alimente de coisas frescas, naturais e se possível orgânicas. Evite comidas processadas. 3) Exercite seu corpo. Cientificamente 10 mil passos por dia são suficientes para te dar saúde. 4) Aprenda a respirar pausadamente durante todo o dia. Use as respirações de coerência cardíaca pelo menos 5 vezes por dia, ou invista em mindfulness, ou meditação. Cientificamente todas estas técnicas aliviam o estresse. 5) Aprenda a se desconectar todas as noites. Tenha mais compaixão de si mesmo e dos outros. Seja grata pelas pequenas e pelas grandes conquistas. Pesquisas recentes mostram que gratidão e a compaixão gera coerência cardíaca que diminui o estresse, aumenta a viabilidade e equilibra o seu sistema imunológico.

3 – Repense o significado de poder e sucesso.

Muitas organizações estão se achatando e acabando com a hierarquia. Os comportamentos relacionados com comando-controle estão se desmaterializando. Autonomia e empatia são estados neurológicos que inspiram as pessoas a usarem o seu potencial criativo, a resolver problemas, a entender melhor os desafios e a inovarem. Sucesso em um mundo cada vez mais complexo só é obtido quando executado pela coletividade. O time será sempre melhor do que o indivíduo. Os caminhos estão cada vez mais ambíguos. Por isto, ter perceptivas diferentes, entendimentos diferentes ajudam a decifrar este quebra-cabeça cada vez mais desafiador. O poder e sucesso estão no time e não em você!

Sucesso no século XXI segundo Noal Yuval Harari é ser humilde, agradecido e fazer o melhor de si que se refletirá na coletividade. E, sem dúvida, aprender continuamente.

4 – Aumente as experiências positivas. Assim como saímos de um mundo linear para um mundo não-linear estamos prestes a ver uma mudança muito mais rápida e radical na maneira como ambientes centrados nas pessoas impulsionam exponencialmente o crescimento dos negócios. Novas tecnologias aliadas às ciências mostrarão os benefícios de se criar experiências positivas tanto no trabalho como nas vida pessoal. Busque ter experiências que te façam mais pleno, relaxado e em paz. Aprenda a compartilhar e a colaborar. Viva e crie experiências positivas para si mesmo e para os outros.

Nos ambientes corporativos uma reflexão importante. Empresas com culturas que instigam o mindset de crescimento (Desconstruindo o Mindset e Construindo Inovação) tendem a gerar mais inovação transformacional. Enquanto, empresas que criam ambientes com mindset fixos tendem a gerar a inovação incremental que já não é suficiente para a longevidade dos negócios no século XXI. O líder é fundamental na geração do mindset organizacional. Abra espaço, aceite e seja modelo para cada colaborador criar suas próprias experiências positivas!

ESTEJA ABERTO PARA OS DESAFIOS DE 2021!!! PORQUE ELES VIRÃO!!!


Por Solange Mata Machado é diretora-executiva da Imaginar Solutions. Doutora e mestre em inovação e competitividade pela FGV com pós-doutorado (pós-doctor) em neurociência aplicada à tecnologia pela UFMG. Engenheira elétrica com BS pela Universidade Columbia (EUA) e especialização em empreendedorismo e inovação pela Universidade Hitotsubashi (Japão), pela Universidade Renmi da China, pelo Technion – Instituto de Tecnologia de Israel, pela Universidade Yale (EUA), pela Babson College (EUA) e pela Creative Education Foundation (EUA). E contribui com o portal digital Business Leaders e palestrante do CIO Leaders@digital.