top of page

Mercado imobiliário: confira as principais tendências do setor para 2023

Executivo com quase 30 anos de experiência no mercado imobiliário fala sobre as expectativas de investidores, incorporadores e empresários que devem aquecer as vendas no setor.

Um levantamento realizado pela Brain Inteligência Estratégica, em parceria com a Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (ABRAINC), mostrou que 62% dos empresários do setor acreditam que o mercado imobiliário em 2023 estará um pouco ou muito melhor do que em 2022.


Para Claudio Hermolin, Country Manager da eXp Brasil - primeira imobiliária digital imersiva no metaverso do mundo, o setor imobiliário é um grande motor para o crescimento do país e para geração de empregos e o Brasil hoje se destaca em relação aos outros países. Além da projeção de crescimento, o setor está cada vez mais consolidado e forte para as mudanças que devem ocorrer.


“A gente acredita que nesse cenário de retomada pós pandemia, o mercado imobiliário e a indústria da construção civil serão protagonistas. Grandes investimentos no exterior passam por estes setores, e no Brasil não será diferente. O mercado imobiliário vai se tornar ainda mais pujante, protagonista, é uma engrenagem que precisa ser acelerada novamente para ver um novo ciclo de crescimento”, explica.

Confira, abaixo três tendências do setor para 2023, de acordo com o executivo:


Novos lançamentos

De 2021 para 2022, o crescimento na venda de imóveis foi de mais de 46%, de acordo com a CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção). Para 2023, a expectativa de investidores e incorporadores é que esses números se mantenham estáveis considerando que, no primeiro semestre do ano passado, as vendas de imóveis superaram o número de lançamentos.


Salas comerciais

Após o pico da pandemia, cujo home office se tornou o principal formato para as empresas devido ao isolamento social, muitas organizações adotaram o modelo híbrido e, em outros casos, retomaram gradativamente as atividades presenciais. A busca por espaços corporativos bem localizados se dá pela maior facilidade de fechar negócios, uma vez que se está em evidência, como é o caso de empresas de grande porte. Para Hermolin, essa tendência deve se intensificar em 2023, com mais corporações retomando aos escritórios físicos ou buscando novos ambientes de trabalho.


Ambientes imersivos

Pensando em otimizar o tempo de quem está em busca de um imóvel mas tem diversas responsabilidades no dia a dia, uma solução é a visita virtual ao local, que agora é possível graças à ferramentas tecnológicas que são cada vez mais uma tendência no setor imobiliário. De acordo com Hermolin, há alguns anos as pessoas visitavam, em média, 20 imóveis para fazer uma compra; hoje, com a possibilidade de realizar visitas virtuais, esse número reduziu para 4 a 5 visitas. Uma dessas ferramentas é o metaverso, que nada mais é do que uma oportunidade de aumentar a assertividade e o ganho de tempo dentro da escolha do ativo mais importante para os consumidores e que promete ser uma nova fronteira de negócios, relações e possibilidades para o setor ao longo dos anos.

Comments


bottom of page