top of page

MINDSET para criar o FUTURO

Imaginar o FUTURO para qualquer pessoa não é coisa trivial


A neurociência tem mostrado que quando projetamos o futuro a parte medial do nosso cérebro, responsável pela projeção do futuro é desativada.

Inovar, é antecipar, imaginar... com estas limitações ficamos reféns do presente!

E aí? Quer desenvolver este MINDSET?


Um dos setores que está passando por uma transformação profunda é o transporte. Antes do final desta década a revolução na locomoção terá tido um grande impacto nos aspectos mais profundos e íntimos das nossas vidas. As escolhas por habitação, trabalho, lazer e como iremos usar o nosso tempo serão diferentes do que temos hoje. Provavelmente estas escolhas irão mudar o perfil das cidades, a demografia, a educação e a própria vida profissional. E, não para por aí!…


Consegue visualizar o futuro daqui a 9 anos? 2030? Feche os olhos e pergunte a si mesmo: Como as mudanças no transporte poderão afetar a minha vida? Comece pensando pequeno. Considere o seu dia, como poderá ser? Que tipos de incursões você fará? Onde você irá? Para fazer o quê? Com quem?


Certeza que conseguiu visualizar o FUTURO?


Pode parecer sem sentido a minha última pergunta, mas pense comigo. Em 2006, a área de varejo estava a mil por hora. As empresas líderes de mercado como a Sears era valorizada em 14 bi de dólares, a Target algo em torno de 40 bi e o Walmart em 160 bi.

Neste interim, surge uma nova empresa chamada Amazon, desconhecida até então… lutando para sobreviver e sair do vermelho. Dez anos depois…. o cenário é totalmente diferente. Sears, praticamente sumiu, a Target passou a ser valorada em 55 bi e o Walmart chegou aos 250bi. E a Amazon? 700 bi dólares!


UAUUUU… que virada! Quem diria? O que a Amazon fez foi usar uma nova tecnologia: a internet


Estamos vendo o mesmo acontecer com o transporte. Com os carros voadores, o carro autônomo, o hyperloop e o SpaceX….e, não para por aí!


Não é fácil para nenhuma pessoa imaginar o FUTURO


Em pesquisas científicas usando a ressonância magnética funcional (fMRI) descobriu-se que quando nos projetamos no futuro, a parte medial da área frontal do cérebro, onde reside a nossa nossa capacidade de pensar sobre nós mesmos ou sobre outras pessoas se fecha – se desativa. Nos incapacitando de projetar o futuro!! Em outro artigo publicado no Journal of Neuroscience, os pesquisadores descobriram que a parte do nosso cérebro que imagina, chamado de default mode network, se divide em duas atividades complementares. Uma atividade cria o futuro e a outra avalia se o evento é positivo ou negativo. Porém, o futuro não é vívido, tangível e detalhado como um evento que já tenha ocorrido!!! Ele é nebuloso e por esta razão criamos o futuro nítido com elementos que já temos gravado na nossa memória de longo prazo. OU seja, criamos o futuro com o que já conhecemos HOJE!


Por esta razão, imaginar o FUTURO é sempre um desafio para todos nós


Tecnologia exponencial como IA, Robótica e VR estão rapidamente desmaterializando, desmonetizando e democratizando produtos e serviços. Lembra da curva 6D do peter Diamandis?

Coisas que costumavam estar disponíveis apenas para os mais ricos e a elite agora estão disponíveis para quase qualquer pessoa – em qualquer lugar do mundo. Uma criança no Zimbábue pode pesquisar no Google qualquer informação que quiser ou até mesmo fazer uma videoconferência com alguém do outro lado do mundo – gratuitamente.

Muitas coisas pelas quais pagamos milhões de dólares há apenas algumas décadas estão agora disponíveis em nossos smartphones gratuitamente.


Mas há um problema


Nossas mentes evoluíram em um mundo de escassez, como fomos treinados pela estratégia porteriana, (desde 1981 – publicação da estratégia competitiva) para obter vantagem competitiva precisamos nos diferenciar, buscar a raridade e a unicidade frente aos nossos competidores. Este é um MINDSET de escassez.


Em um mundo de escassez, o bolo é limitado. Assim como a vantagem competitiva. Se o seu vizinho pegar uma fatia, você terá uma fatia menor. Este é um mundo de recursos limitados e competição de soma zero.


Mas quando você tem uma mentalidade voltada para o FUTURO o seu MIDNSET é de abundância, em vez de fatiar a torta em fatias cada vez mais finas, você cria mais tortas. Escala globalmente.


Este é o futuro que a tecnologia exponencial possibilita. E essa tendência é verdadeira em quase todos os setores – quer as pessoas percebam ou não.


Lembre-se: desenvolver um MINDSET de abundância não é criar um mundo de luxo, é criar um mundo de POSSIBILIDADES.


Segundo Peter Diamandis para desenvolver um MINDSET para o FUTURO (abundância) você precisa:

(1) ENTENDER que o mundo está se tornando mais abundante e isso permite que você CRIE uma visão POSITIVA para o futuro. Ter esse MINDSET positivo o diferencia de seus concorrentes e te ajuda a atrair a melhor equipe para sua missão.


(2) NÃO LASTIMAR oportunidades perdidas. Muitas outras oportunidades gratificantes e lucrativas estão no radar… basta você persistir e acreditar.


(3) ACREDITAR QUE O FUTURO É PROMISSOR. Portanto, é preciso aprender tudo o que puder para criar o futuro que você e seu negócio desejam.


(4) SABER que SEUS CONCORRENTES são seus PARCEIROS em potencial. Por que se preocupar desnecessariamente com seus concorrentes quando você pode criar outra torta maior? Você concentra seu tempo, atenção e recursos em perseguir OPORTUNIDDADES que são 10x (1.000%), em vez de lutar nas trincheiras por melhorias de 10%.


(5) REINVENTAR seu negócio por meio de lentes digitais – constantemente desmaterializando e democratizando seus produtos e serviços, tornando-os disponíveis para uma base de clientes cada vez maior e a um custo cada vez menor.


(6) Como líder, TRANSMITIR E ACREDITAR em um futuro promissor e atraente que inspira e orienta seus funcionários e clientes. As pessoas inerentemente desejam boas notícias: * otimismo baseado em dados * em vez de um gotejamento contínuo de brincadeiras negativas, voltadas para a crise e que estimulem a amígdala. (parte do cérebro que está ligada ao sistema de sobrevivência – luta ou fuga – e que gera o estresse).


Quer saber mais sobre os processos de inovação, ou aprender a desenvolver seu MINDSET para o FUTURO, entre em contato com a IMAGINAR SOLUTIONS, que teremos prazer em explicar com mais detalhes como sua empresa poderá crescer e inovar neste século de incertezas. Entre em contato: atendimento@businessleaders.com.br



Por Solange Mata Machado é diretora-executiva da Imaginar Solutions. Doutora e mestre em inovação e competitividade pela FGV com pós-doutorado (pós-doctor) em neurociência aplicada à tecnologia pela UFMG. Engenheira elétrica com BS pela Universidade Columbia (EUA) e especialização em empreendedorismo e inovação pela Universidade Hitotsubashi (Japão), pela Universidade Renmi da China, pelo Technion – Instituto de Tecnologia de Israel, pela Universidade Yale (EUA), pela Babson College (EUA) e pela Creative Education Foundation (EUA). E contribui com o portal digital Business Leaders e palestrante do CIO Leaders@digital.

Comments


bottom of page