top of page

Moderna e IBM exploram computação quântica e IA generativa para ciência do mRNA

Moderna investe no desenvolvimento de habilidades de computação quântica e exploração do uso da tecnologia no desenvolvimento de futuros medicamentos de mRNA.

Acordo com a IBM inclui investimentos em IA generativa para melhorar o design do produto.

A Moderna, empresa de biotecnologia pioneira no setor terapêutico e de vacinas de RNA mensageiro (mRNA), e a IBM anunciaram um acordo sob o qual a Moderna explorará tecnologias de próxima geração, incluindo computação quântica e inteligência artificial, para avançar e acelerar a pesquisa e a ciência do mRNA.

"Desde a nossa criação, sempre nos esforçamos para estar na vanguarda da tecnologia de ponta, alavancando inovações para oferecer o maior impacto possível às pessoas através de medicamentos de mRNA", relata Stéphane Bancel, CEO da Moderna. "Estamos entusiasmados em fazer parceria com a IBM para desenvolver novos modelos de IA para avançar a ciência do mRNA, nos preparar para a era da computação quântica, e organizar nosso negócio para essas tecnologias transformacionais. Estamos buscando avanços revolucionários com a computação quântica, por isso, investimos agora na construção de uma força de trabalho pronta para a tecnologia e assim ficar totalmente preparados para aproveitar o seu poder".

A IBM fornecerá acesso a sistemas de computação quântica, bem como expertise, para auxiliar a Moderna em explorar casos de uso de ponta nas ciências biológicas impulsionados pela tecnologia

"O propósito da IBM é ser o catalisador para fazer com que o mundo funcione melhor, perfeitamente exemplificado por essa parceria com a Moderna. Estamos testemunhando uma revolução no mundo da computação, impulsionada por avanços extraordinários em IA e na computação quântica”, ressalta Darío Gil, vice-presidente sênior e diretor de IBM Research. "A Moderna poderá aproveitar nossos esforços de pesquisa de vários anos em IA generativa para terapias que podem permitir que os cientistas entendam melhor como as moléculas se comportam e facilitar a criação de outras inteiramente novas. Estamos entusiasmados em trabalhar com a Moderna para ajudar a preparar seus cientistas no conhecimento e uso das tecnologias de computação quântica, as quais IBM lidera, com o objetivo de acelerar a descoberta e a criação de novas terapêuticas."

Desenvolvimento de habilidades de computação quântica para o design de medicina do mRNA

A computação quântica é uma tecnologia rapidamente emergente e transformadora que utiliza os princípios da mecânica quântica para resolver problemas complexos demais para os computadores clássicos. Os cientistas aprenderão como a tecnologia quântica pode ser aplicada a problemas anteriormente intratáveis para os computadores clássicos. Juntas, as empresas explorarão a potencial aplicação de abordagens quânticas para os desafios científicos da Moderna.

A Moderna participará do programa IBM Quantum Accelerator e IBM Quantum Network. Sob o acordo, a IBM fornecerá acesso a sistemas de computação quântica, bem como expertise para auxiliar a Moderna a explorar casos de uso de ponta nas ciências biológicas impulsionados pela tecnologia.

Modelos AI para design de medicina mRNA

Os cientistas da Moderna e da IBM aplicarão MoLFormer, um modelo de fundação de IA que pode ajudá-los a prever as propriedades de uma molécula, e, assim, entender as características de potenciais medicamentos de mRNA. O objetivo da Moderna será usar MoLFormer para ajudar a otimizar nanopartículas lipídicas, que encapsulam e protegem o mRNA enquanto viaja no interior do corpo, e o mRNA, que funciona como instruções para as células a fim de combater doenças. Sob esta iniciativa, a Moderna e a IBM combinarão a descoberta de formulações de última geração com IA generativa para projetar medicamentos de mRNA com segurança e desempenho ideais.

bottom of page