top of page

Sabe qual o impacto da distração DIGITAL na performance do seu time?

As pesquisas científicas mostram que o cérebro tem dificuldade cada vez maior de operar em um mundo de complexidade


No artigo da Harvard Business Review de dezembro de 2018, escrito Alex Shootman, CEO do Workfront, descreve como a distração na jornada organizacional pode ter efeitos nocivos para atingir as metas de performance e por consequência impactar a INOVAÇÃO.


No famoso comercial de TV da Apple feito em 1997, com o slogan PENSE DIFERENTE uma série de personalidades icônicas do século XX aparecem para reforçar o conceito de que “o INOVADOR… olha para o mundo e não se contenta com as coisas como elas são.” No final aparece uma imagem de uma menina abrindo os olhos fechados, como se estivesse vendo pela primeira vez as possibilidades à sua frente. Até hoje este comercial impacta para quem o vê pela primeira vez!! E quem já viu não consegue se esquecer…


Por quê não conseguimos PENSAR DIFERENTE?

Com raras exceções, os inovadores não estão satisfeitos com o status quo e por estarem insatisfeitos com a sua realidade buscam a INOVAÇÃO. Ou seja, os inovadores estão sempre com os olhos abertos olhando o aqui agora ao mesmo tempo que estão buscando no horizonte – no futuro – novos caminhos.

No entanto, esse impulso para a inovação não alcança a maioria das pessoas – pelo menos não de uma maneira que instigue os colaboradores a AÇÃO. 58% dos trabalhadores dizem que estão tão sobrecarregados com tarefas que não têm tempo para pensar além de sua lista de tarefas diárias. De acordo com o relatório State of Work do Workfront, o colaborador gasta apenas 40% de seu tempo fazendo o trabalho para o qual foi contratado.


O que acontece com os outros 60%?

Há cinco anos que a resposta continua consistente e imutável: os colaboradores estão tão ocupados com as DISTRAÇÕES e alegam que não têm tempo para se concentrar em seu trabalho principal, muito menos inventar o futuro, ou INOVAR


Por que isso acontece?

Se eu fosse o CEO de uma empresa e fosse perguntado pelo conselho administrativo sobre a utilização da minha capacidade de performance e eu dissesse que não sabia ou que era apenas 40%, provavelmente seria “CONVIDADO” a buscar outras oportunidades!


Isso é MALUCO!

Fico imaginando que o mundo da pandemia que se tornou digital deveria libertar as pessoas para serem mais inovadores e produtivos. Já que a lógica seria usar o tempo do deslocamento para pensar diferente. Ao invés disso, a tecnologia está produzindo excesso de comunicação, excesso de distrações e à tirania do urgente. O que estamos falando aqui é de uma crise de trabalho digital. Estamos super instrumentados, mas mal servidos.


Vivemos no tempo real PORÉM sem ter tempo real!

Um mergulho na neurociência pode ajudar a entender o que a distração e as interrupções produzem na capacidade de PENSAR DIFERENTE das pessoas.


De acordo com John Ratey ( A User’s Guide to the Brain. New York: Pantheon Books.2001), a atenção é mais do que apenas perceber os estímulos recebidos. Envolve vários processos, incluindo filtrar percepções, equilibrar múltiplas percepções e atribuir significado emocional a essas percepções.


Existem duas formas principais de atenção: passiva e ativa. A atenção passiva refere-se ao processo involuntário dirigido por eventos externos que se destacam de seu ambiente, como um flash brilhante, um odor forte ou um ruído alto repentino. Pode-se dizer que, como a atenção passiva é involuntária, é fácil. A atenção ativa é voluntária e guiada pelo estado de alerta, concentração, interesse e necessidades como curiosidade e fome. A atenção ativa envolve esforço.


As interrupções e as distrações afetam negativamente a Performance e a Inovação. As distrações podem levar às pessoas a cometerem mais erros. AINDA MAIS se a memória estiver com vários assuntos simultâneos sendo trabalhados ao mesmo tempo. Neste caso, a chance de errar é ainda maior.


De acordo com pesquisa da Universidade da Califórnia Leva em média de 23 a 30 minutos para o cérebro voltar para a tarefa inicial quando sofre uma distração. Além da performance, isto implica em mais estresse, mais frustração, maior pressão e esforço.


Mesmo se as distrações ocorrerem poucas vezes durante o dia, em uma conta matemática simples de por exemplo, 3 distrações por dia, isto significa 1 hora a menos de trabalho produtivo. Afeta a performance e a capacidade de PENSAR DIFERENTE= INOVAR


Se você quer INOVAR seguem 3 dicas para você aumentar a sua capacidade de atenção:

  1. Analise o seu dia para verificar qual é o melhor período para trabalhar focado sem interrupções ou distrações. Tire pelo menos de 30 a 60 min por dia para buscar a inovação;

  2. Se desconecte dos digitais quando precisar resolver um problema complexo que requer um nova solução;

  3. Trabalhe com uma equipe multifuncional, diversa, para minimizar o impacto da homogeneidade e aumentar capacidade de novas associações.

Se quiser saber mais sobre como aumentar PERFORMANCE do time ou como atingir níveis de capacidade cognitiva/produtiva em você mesmo e na sua equipe, entre em contato com a IMAGINAR SOLUTIONS. Trabalhamos com processos de inovação e com aplicação da neurociência para otimizar os resultados da sua empresa. Contato: solange@imaginarsolutions.com.br


Por Solange Mata Machado é diretora-executiva da Imaginar Solutions. Doutora e mestre em inovação e competitividade pela FGV com pós-doutorado (pós-doctor) em neurociência aplicada à tecnologia pela UFMG. Engenheira elétrica com BS pela Universidade Columbia (EUA) e especialização em empreendedorismo e inovação pela Universidade Hitotsubashi (Japão), pela Universidade Renmi da China, pelo Technion – Instituto de Tecnologia de Israel, pela Universidade Yale (EUA), pela Babson College (EUA) e pela Creative Education Foundation (EUA). E contribui com o portal digital Business Leaders e palestrante do CIO Leaders@digital.

Opmerkingen


bottom of page