top of page

Como combinar retorno financeiro e social nos investimentos? Potencia Ventures aponta 5 dicas

Avaliar o retorno social, financeiro e a proposta de valor das investidas são algumas das estratégias apontadas pelo grupo de investimento em negócios de impacto social.


Os investimentos de impacto - feitos em empresas, organizações ou fundos com a intenção de gerar resultado socioambiental positivo, além do retorno financeiro - somaram US$ 1.1 trilhões ao redor do mundo em 2022, segundo relatório do GIIN - Global Impact Investment Network.

 

O investimento de impacto exige a combinação de diversos fatores de seleção para assegurar a viabilidade do projeto e trazer retorno ao investidor. Pensando nisso, Itali Collini, diretora da Potencia Ventures, grupo de investimentos em negócios de impacto social, listou 5 pontos centrais a serem abordados pelos investidores no momento da análise das investidas:

 

1- Intencionalidade no impacto

Primeiramente, é essencial avaliar qual é a intenção de impacto socioambiental que os fundadores têm para a empresa em questão, pois uma startup em estágio inicial tende a iterar muito seu produto e modelo de negócio. É importante entender se a visão de impacto se manteria no caso de a empresa mudar de rumo.

 

2- Time e poder de execução

Além da intencionalidade, avaliar a capacidade do time fundador e como suas habilidades se complementam é crucial para entender se o time tem poder de execução. Há algumas maneiras de capturar informações sobre isso, tais como: 1- avaliar o que os fundadores entregaram em experiências anteriores, 2- pedir dados de pilotos que a startup esteja fazendo, 3 - perguntar sobre desafios superados até o momento.


3- Modelo de negócio

Tão importante quanto avaliar o impacto social, é entender a viabilidade de um negócio gerar retorno financeiro. No estágio inicial as fontes de receita não estão 100% validadas e precisamos entender qual é o racional dos empreendedores para testar a precificação ou monetização do seu produto ou serviço. “Uma boa recomendação é entender quais soluções oferecidas têm maior e menor potencial de rentabilização, ajustando expectativas e alinhando possíveis obstáculos.", indica a especialista.


4- Mercado endereçável

Os fundadores devem ter grande conhecimento do público-alvo para seu produto ou serviço e também clareza sobre o problema específico que resolvem para ele. No investimento em startups é importante que o mercado endereçável seja grande o suficiente para absorver um alto crescimento da empresa, garantindo assim, maior probabilidade de alto retorno.

 

5- Roadmap de produto ou serviço e do negócio

Entender o que a empresa planeja para o ciclo de crescimento é o que explica o racional de uso dos recursos. Se as contratações planejadas, a alocação de capital de giro ou mesmo o investimento em tecnologia estiverem mal distribuídos, o impacto da rodada no crescimento da empresa pode ser bem menor que o esperado.

 

コメント


bottom of page