top of page

Guardiões de IA: como a inteligência artificial aprimora a segurança nos canteiros de obra

IA é capaz de auxiliar empresas a proteger os colaboradores, aumentar produtividade, prevenir acidentes e reduzir custos nos canteiros de obra


A engenharia, naturalmente conhecida por ser um dos setores menos tecnológicos, está rompendo com esse padrão e se aproximando de um futuro mais digital e seguro. Com a rápida evolução da tecnologia, o setor está absorvendo novas soluções, impulsionada por uma série de avanços que prometem revolucionar a forma como projetamos, construímos e gerenciamos infraestruturas.

 

A Inteligência Artificial (IA) é uma das tecnologias mais importantes para o setor. Nos canteiros de obras brasileiros, é gradativamente introduzida para melhorar a eficiência e a segurança no ambiente de trabalho, além de reduzir custos e prazos de entrega.

 

Ainda no escopo da prevenção, a IA pode ser utilizada para melhorar a segurança dos trabalhadores nos canteiros de obras. Com ela, é possível identificar riscos e evitar ocorrências envolvendo os colaboradores. Trata-se de uma funcionalidade muito importante, pois a segurança é uma das principais prioridades das construtoras.

 

Apesar dos avanços, André Medina, Superintendente de Inovação da Andrade Gutierrez, acredita que ainda há uma longa estrada pela frente quando se trata da implementação completa da IA nas obras. “Há muitos desafios a serem superados, como a adaptação dos profissionais às novas tecnologias e o custo da aplicação, além da integração com outras soluções já existentes. Mas, sem dúvida, a IA é uma grande oportunidade para aprimorar a construção civil no Brasil e torná-la mais competitiva", continua.

 

O Superintendente é otimista quanto ao uso da IA, e acredita que a tecnologia pode ser empregada em diversas atividades da construção civil, como na análise de dados para prever falhas e atrasos, no monitoramento do uso de equipamentos e materiais, na otimização de projetos e na redução de desperdícios. "A tecnologia pode ser um grande diferencial nas construtoras. Com o uso da IA, conseguimos ter mais precisão nas medições, controle de qualidade mais efetivo e até mesmo prevenir acidentes", afirma Medina.

 

Enquanto a IA não está presente de forma ativa no setor de engenharia, ideias inovadoras criadas por startups fomentam o setor e aceleram seu desenvolvimento. Atualmente, a Andrade Gutierrez é uma das pioneiras no quesito inovação na engenharia. Por meio do Vetor AG, seu programa de inovação aberta, já foram realizadas mais de 2 mil conexões com startups, permitindo que a empresa esteja constantemente evoluindo tecnologicamente e implementando novas soluções.

 

André Medina acredita que manter esse relacionamento com as startups é o primeiro passo para estar à frente da concorrência e trazer os melhores recursos internos e externos. “A conexão com soluções do mercado que não são da engenharia, pode muito bem trazer benefícios às obras. Gostamos de nos aproximar dessas empresas para ter sempre as melhores tecnologias na AG, capazes de solucionar desafios do nosso dia a dia”, conclui o executivo.

Comentários


bottom of page